Outubro Literário: Mulherio Europa em Verso e Prosa

 

Data do Evento

26 Out, 2018 às 04:00

Local

Via del Verzaro, 49, 06123 Perugia PG, Italien

Inscrições

Fechadas

sobre o evento

Università degli Studi di Perugia Dipartimento di Lettere – Lingue, Letterature e Civiltà antiche e moderne CILBRA – Centro Studi Comparati Italo-Luso-Brasiliano OUTUBRO LITERÁRIO: MULHERIO EUROPA EM VERSO E PROSA II° Encontro 26/10/2018 – Palazzo Meoni Via del Verzaro, 49 - Perugia 9:00 - Abertura 9:30 - 10:30 - Roda de conversas I: O Mulherio das Letras: outras portas, outras janelas abertas ? Coordenação de Helena Bonito “Um novo retrato do Brasil na obra de Maria Valéria Rezende” ? Vera Lúcia de Oliveira (UNIPG – Itália/Brasil); “Mulherio das Letras Europa: quando números se transformam em Letras” – Sonia Palma (Brasil/Inglaterra) e Sandra Maciel Barreto (Brasil/Portugal); “A palavra às mulheres e as palavras das mulheres” ? Paula de Paiva Limão (UNIPG – Portugal/Itália). 10:30 - 11:20 – Palestra 11:20 - 11:40 - Café com Versos 11:40 - 12:20 - Roda de conversas II: Temos nossas casa nas costas? Construção de um novo espaço identitário ? Coordenação de Vera Lúcia de Oliveira “Uma biblioteca no jardim de casa” – Ilana Eleá (Brasil/Suécia); “As mulheres dos Estudos Literários” – Cláudia Alves (Brasil/Itália). 12:20 - 13:00 – Lançamentos e exposição de livros Antologia “Outono Literário – Mulherio em prosa e verso”, org. por Sônia Palma e Fátima Nascimento, Editora FAFALAG. Encontros de neve e sol, e-book de Ilana Eleá, Editora e-galáxia. Minha língua roça o mundo, de Vera Lúcia de Oliveira, Editora Patuá. Reversos, de Flávia Menegaz, Edição independente. 13:00-14:30 - Cantina das poetas e contadores de história 14:30 - 15:20 - Roda de leituras – Coordenação de Sonia Palma Participam: Terezinha Malaquias; Joana Mendes de Oliveira; Patrícia Cacau. 15:20 - 16:30 - Roda de conversas III: Em que língua somos? Relação entre escrita, tradução e auto-tradução ? Coordenação de Paula de Paiva Limão A tradução em português do clássico holandês A erva amarga: experiências de uma tradutora” – Maria Julia Abreu (Brasil/Holanda); “Poesia brasileira em italiano: uma experiência” – Maristella Petti (CILBRA/UNIPG – Itália); “História que guardamos” [Projeção de imagens, 0:30]– Neyde Lantyer (Brasil/Holanda). 16:30 - 17:00 – Chá de Letras 17:00 - 18:00 – Roda de conversas IV ? Voltar pela língua: que relação mantemos com nosso lugar de origem? ? Coordenação de Ilana Eleá “Literatura de autoria feminina nos suplementos portugueses” – Elizabeth Olegário (Brasil/Portugal); “Eu queria mesmo era que o aquecimento global viesse pra cá” – Janaína Pessoa (Brasil/Alemanha); “Histórias de morar fora” – Ana Dietmuller (Brasil/Áustria). 18:00 - 19:00 - Conclusões e encerramento do encontro 20:00 – Sereno e serestas Comitê Científico: Else Vieira (Brasil / Inglaterra) Mazé Torquato Chotil (Brasil / França) Maria Valéria Rezende (Brasil) Paula de Paiva Limão (Portugal / Itália) Sonia Palma (Brasil / Inglaterra) Vera Lúcia de Oliveira (Brasil / Itália) Comitê Organizativo: Danielli Cavalcanti (Brasil / Dinamarca) Ilana Eleá (Brasil /Suécia) Mazé Torquato Chotil (Brasil / Franca) Paula de Paiva Limão (Portugal / Itália) Sandra Maciel Barreto (Brasil / Portugal) Sonia Palma (Brasil / Inglaterra) Vera Lúcia de Oliveira (Brasil / Itália)

INFORMAÇÕES SOBRE HOTÉIS EM PERUGIA

INFORMAÇÕES SOBRE HOTÉIS EM PERUGIA

(Na lista, indicamos alguns Hotéis no centro, mas Perugia oferece muitas alternativas além destas)

HOTEL FORTUNA (bem bonito, fica no centro, 3 estrelas)
Via Bonazzi 19 - 06100 Perugia
Tel. 0039 / 75 / 5722845 - Fax 0039 / 75 / 5735040
e-mail: fortuna@umbriahotels.com
web: www.hotelfortunaperugia.com

LA ROSETTA HOTEL  (ótimo, bem central, 4 estrelas)
Piazza Italia, 19 - 06121 Perugia
Tel. +39 075 5720841 - Fax. +39 075/5720841
e-mail: larosetta@perugiaonline.com
web: www.larosetta.eu
(Com esses dois primeiros, temos convenção com a nossa universidade, mas o melhor mesmo é reservar
pelos motores de pesquisa, tipo booking ou outros, que muitas vezes têm tarifas mais baixas).

OUTROS HOTEIS (quase todos no centro)
Hotel Priori (3 estrelas, central)
Via dei Priori, 40 – 06123, Perugia
Tel: (+39) 075 5723378 – Fax: (+39) 075 5729155
E-mail: hotel.priori@gmail.com
Site: http://www.hotelpriori.it/

HOTEL EDEN (centro, 3 estrelas)
Via Cesare Caporali, 9, 06123 Perugia
Telefono: +39 075 5728102

HOTEL BONAZZI (centro, 3 estrelas)
Via Bonazzi 55 - 06123 Perugia
Tel: 075 5727701

SANGALLO PALACE HOTEL (centro, 4 estrelas)
Via Luigi Masi, 9 - 06121 Perugia
Tel: +39 075 5730202 - Fax: +39 075 5730068
e-mail: hotel@sangallo.it
web: www.sangallo.it

HOTEL LOCANDA DELLA POSTA (centro, 4 estrelas)
Corso Vannucci 97 - 06121 Perugia
Tel: +39 075 5728925
Hotel Giò (4 estrelas, bom, mas não central)
Viale Ruggero D'Andreotto, 19 - 06124, Perugia
Tel: (+39) 075 5731100
E-mail: direzione@hotelgio.it
Site: http://www.hotelgio.it/

HOTEL SANT’ERCOLANO (centro, 2 estrelas)
Via del Bovaro 9 - 06121 Perugia
Tel: +39 075 5724650

ALBEGI AURORA (centro, 2 estrelas)
Viale Indipendenza 21 - 06121 Perugia
Telefono: +39 075 5724819

HOTEL PERUGIA ROSALBA (centro, 2 estrelas)
Via Circo 7 - 06121 Perugia
Telefono: +39 075 5728285

HOTEL IRIS (centro, 2 estrelas)
Via Guglielmo Marconi 37 - 06124 Perugia
Telefono: +39 075 5720259

HOTEL UMBRIA (centro, 2 estrelas)
Via Boncambi 37 - 06123 Perugia
Telefono: +39 075 5721203

Bed and Breakfast LE NAIADI (Bed & Breakfast)
Via Luigi Bonazzi 17 - 06121 Perugia
Telefono: +39 349 2913914

Soluções ainda mais econômicas
OSTELLO DI PERUGIA CENTRO (centro, albergue da juventude)
Via Bontempi, 13 - 06122 Perugia
Tel (Fax): +39 075 5722880 / +39 075 5739449
e-mail: ostello@ostello.perugia.it
web: www.ostello.perugia.it


COMO CHEGAR EM PERUGIA

PARA AS INTERESSADAS EM PARTICIPAR DO ENCONTRO DE OUTUBRO EM PERUGIA,

DEIXO AQUI ALGUMAS INDICAÇÕES
COMO CHEGAR EM PERUGIA

1) AVIÃO: O aeroporto de Perugia é pequeno, com poucos vôos. O mais indicado
seria o de Roma, que fica a 180 km de Perugia. Há outros aeroportos menores, em
Firenze, Pisa, Bologna (os vôos dependem dos países em que estão). São
geralmente mais econômicos, porém muitas vezes têm conexão para Perugia
complicada e seria melhor verificar bem cada uma das soluções propostas. O
aeroporto de Milão é bem distante, não sei se vale a pena vir por ele.

2) ÔNIBUS: Há ônibus diretos do Aeroporto Internacional Fiumicino de Roma para
Perugia. A Rodoviária fica no TERMINAL 3, do lado de fora do aeroporto (chegando,
é melhor perguntar para as pessoas a direção ou seguir as indicações). Os horários
mudam dependendo do período do ano, por isso é melhor que verifiquem no site da
Autolinee SULGA http://www.sulga.eu/ ; 800099661 (número verde) /
telefone:+39.075.5009641. Essa opção é ótima, pois a viagem é direta e a
Rodoviária fica bem próxima do centro de Perugia (dá para ir a pé dali ao centro,
por escadas rolantes, atravessando um antigo bairro medieval da cidade).

3) TREM: Há vários horários de trens, que também mudam conforme o período do
ano. Consultem por favor, o site http://www.trenitalia.com/
Ali poderão verificar inclusive as coincidências já a partir do aeroporto. A
desvantagem é que não há trens diretos do aeroporto para Perugia. Poderá ser
necessário trocar uma ou duas vezes, em estações de cidades diferentes.

Galeria de fotos / muitas fotos!

Palestrantes / conheça!

Maria Valéria Rezende

Brasil


Maria Valéria Rezende nao participará presencialmente do evento mas será a nossa autora homenageada do Outubro Literário, Perugia 2018.

Vera Lúcia de Oliveira

Università degli Studi di Perugia

Vera Lúcia é poeta, ensaísta e professora de Literatura Brasileira na Universidade de Perugia (UNIPG - Itália). Recebeu diversos prêmios pela produção literária: Prêmio Sandro Penna (Perugia, 1988), Prêmio de Poesia da Academia Brasileira de Letras (2005), Prêmio Literatura para Todos (Brasília, 2006), Prêmio Internacional de Poesia Pasolini (Roma, 2006). Escreve em português e em italiano e tem poemas publicados em vários países. Entre os livros: Geografia d'ombra, 1989; La guarigione, 2000;Poesia, mito e história no Modernismo brasileiro, 2015; A chuva nos ruídos, 2004; Verrà l'anno, 2005; Storie nella storia: le parabole di Guimarães Rosa, 2005; A poesia é um estado de transe, 2010; La carne quando è sola, 2011,Vida de boneca (infantil), 2013; O músculo amargo do mundo, 2014; Ditelo a mia madre, 2017; Minha língua roça o mundo, 2018.

Paula de Paiva Limão

Itália

 

Sonia Palma

Brasil /Inglaterra

Pesquisadora com veia escritora, vive no interior da Inglaterra, em Nuneaton, Condado de Warwickshire. É membro da Academia Poética Brasileira, onde foi eleita à Cadeira de nr 46, assumindo o Consulado Poético APB, na Inglaterra. A escrita e publicação de livros infanto-juvenis são seu foco no momento, considerando seu projeto de promoção da Língua Portuguesa e cultura brasileira na Europa, para crianças filhos de brasileiros. 


Ilana Eleá

Brasil / Suécia / Itália

Ilana Eleá, doutora em Educação pela PUC-Rio. Publicou “Encontros de Neve e Sol”, e-book lançado pela editora e-galáxia. Escreve e experimenta criar videopoemas no Youtube, assim como grava suas leituras de poemas nórdicos traduzidos para o português. Pela Bibliotek Barnstugan - poética biblioteca infantil aberta ao público no jardim sa sua casa, recebeu o prêmio Bättre Stadsdel em 2018.

www.bibliotekbarnstugan.online 
www.ilanaelea.online 
http://www.e-galaxia.com.br/produto/encontros-de-neve-e-sol/ 

Sandra Barreto

Brasil / Portugal

Escritora, Licenciada em Letras, com habilitação em Literatura Brasileira e Portuguesa, tem Pós-graduação em Informática também pela Universidade Federal do Ceará - UFC e Pós-graduação em Educação Continuada e a Distância pela Universidade de Brasília - UnB. Atualmente dedica-se a escrever: romances, poesias, letras musicais e roteiros para cinema. Para saber mais: http://lattes.cnpq.br/5591846740221907

Cláudia Alves

(Brasil - Itália)

Cláudia Alves formou-se em Estudos Literários pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em 2011. Na mesma universidade, defendeu o Mestrado, em 2015, e começou a cursar o Doutorado em Teoria e História Literária e a Licenciatura em Letras, ambos em andamento. Atualmente, realiza estágio de pesquisa, com bolsa FAPESP, na Università di Roma La Sapienza, desenvolvendo projeto sobre escritores-intelectuais italianos da década de 1970. É também idealizadora do blog Marca Páginas, em parceria com a Unicamp, no qual divulga literatura e estudos literários.

Maria Julia Abreu

Brasil / Holanda

Carioca, estudou na PUC e na FGV, mora na Holanda desde o século passado.Trabalhou por 25 anos no no Royal Tropical Institute. Publicou um curso básico de português do Brasil, 3 edições, Fez parte da fundação cultural " A Hora do Brasil!"  onde trabalhou na organização de eventos literários em Amsterdam. Criou, no Rio,o site www.rodadeescrevinhadoras com  Recentemente traduziu "A erva amarga" para a editora Record um clássico holandês. 

Terezinha Malaquias

Brasil / Alemanha

Terezinha Malaquias

 

É Escultora formada pela Edith Maryon Kunstschule Freiburg, onde mora há 10 anos. É Atriz, Poeta, Escritora, Modelo Vivo e Performer. Autora dos livros: Modelo Vivo (2005), Menina Coco - 2018 (português-alemão) Busca Constante... . Tem participado de antologias na Alemanha, Brasil, Estados Unidos e Portugal. Tem um canal  no youtube com seu nome para poesia, performance, viagens e entrevistas.

 

Maristella Petti

Itália

Maristella Petti nasce e cresce em Bolsena. Muda-se para Perugia para estudar línguas estrangeiras (inglês, espanhol e português) e conclui o Mestrado em Literaturas Comparadas e Tradução Intercultural. Hoje trabalha como bibliotecária na Università degli Studi di Perugia e dedica-se à pesquisa e tradução da poesia brasileira. Entre as suas publicações, a versão em italiano da antologia poética Encontros com a Poesia do Mundo II (Editora da *iU, 2018), e o ensaio La resistenza nella poesia nera femminile brasiliana contemporanea (Sensibili alle foglie, 2018).

Danielli Cavalcanti

Brasil / Dinamarca

Danielli Cavalcanti (Comitê Organizativo do Outubro Literário):escreve sobre o viver sob o manto e entre a cerca da migração no blog jardimmigrante.wordpress.com. Trabalhou quase 10 anos na Ong maiz, em Linz, na Áustria. Cursou bacharelado (UEPB) e mestrado em administração (UFPB). Cursa, na Dinamarca, docência no Ensino Fundamental. Publicou: Flor de Linz (2016), em português e alemão, o infantil Sopa de Sapo e o de poesias diaspóricas Quando eu outono, tu primaveras (2018). 

Patricia Cacau

Fortaleza - Brasil

Empreendedora social na empresa Metamorfose, define-se como "escritora por vocação", envolvida com a Central de Escritores e Projeto de Escrita terapêutica. Patricia articula projetos sociais em parceria com o Sebrae (Juventude empreendedora) e Proger (geração de emprego e renda). Dedica-se a projetos de economia solidária no maciço de Baturité, onde atua como agente de desenvolvimento. Para o Outubro Literário, participará com a leitura de poema na Roda de Leituras.
 

Ana Dietmüller

Brasil / Áustria

Gaúcha de nascimento, atualmente cidadã do mundo e, mais recentemente ainda, contadora de histórias.
Observadora por natureza, crítica por hobby e "escrevinhadora" por paixão. 
Após 6 anos residindo na Europa, com o marido e o filho, aprendeu a voltar os olhos para as estrelas, para a lua e para as flores. Para o simples da vida.
E foi através desse outro olhar, que nasceu sua primeira obra: Histórias de morar fora. Crônicas dessa nova vida, nesse novo - Velho  - continente, com essa gente diferente e com outros hábitos.
Esquisito Não. Assustador? De jeito nenhum. Desafiador? Sem dúvida nenhuma e com muito gosto!
 
 
 
 

Neyde Lantyer

Brasil / Holanda

Neyde Lantyer é artista multimedia e pesquisadora independente em fotografia e memória.

Estudou Artes Plásticas na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia-Brasil e Histories and Theories of Photography na Universidade de Leiden-Holanda. É editora e restauradora fotográfica e ministra cursos de fotografia e arte contemporânea.

Artista e ativista, Neyde Lantyer é engajada em diversos projetos artísticos e culturais tendo criado, entre outros, a plataforma online “Fotografia & Cultura” (2012), e o programa “Talks on Photography”(2015), no Teatro Munganga, em Amsterdam - onde recebe artistas da imagem para discutir o médium fotográfico. Como artista, investiga a memória das experiências pessoais relacionadas à pertencimento, deslocamento, migração, identidade, sociedade e feminismo. Trabalha com instalação, printings, texto, objetos e story-telling.

 Nasceu na Bahia e vive e trabalha na Holanda.

Beth Olegario

Brasil / Portugal

Beth Olegario é Research Assistant -Centre for the Humanities (CHAM-UNL), Doutoranda em Estudos Portugueses na Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL),mestre em Comunicação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e licenciada em Letras Português e Literaturas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Tem poema publicado na Revistas&Mangues da UFRN, crônicas publicadas na Revista Portuguesa  Gerador e  no Jornal A União da Paraíba. Pesquisa cadernos de cultura (suplementos literários) da primeira metade do século XX  no Brasil e em Portugal, bem como as relações entre escritores brasileiros e lusitanos.

Apoio

ACESSO RÁPIDO